#223 – 11 de Agosto

Tentou fechar a porta, mas ela já entrara sem ser convidada. Se acomodou no meio do recinto, gritando furiosamente. Ele tentou ignorar, mas aquela barulheira estava levando-o à loucura. Teria que sair da própria casa?
Insuportável a ideia de viver com ela, a Paranóia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s