#02.017 – 21 de Fev

Perdeu as asas muito nova. Caíram de uma vez. Diziam que foi preguiça, outros que foi tristeza. Mas ela sabia, tinha sido por medo. Medo de voar. Disseram pra ela que lugar de menina era dentro de casa, que o mundo era perigoso. Que o céu não era lugar de anjo.

As asas nunca cresceram e ela passou muitos anos presa ao chão. Até que decidiu virar piloto de helicóptero. Subiu e nunca mais voltou.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s